O rastreamento do câncer de mama com a mamografia e exames complementares importantes

 

Ao longo dos anos, os exames para rastreio de alterações na mama passaram por  importantes evoluções e a tecnologia tem sido uma forte aliada.

 

A mamografia é um exame primordial para as mulheres no rastreio do câncer de mama, ele permite visualizar nódulos e calcificações, mesmo antes de serem sentidos no autoexame.

 

Outro exame importante para essa detecção é a Tomossíntese Mamária, a qual possibilita uma avaliação tridimensional da mama, e consegue elevar em 12% a detecção precoce da doença de câncer.

 

É importante frisar que este não é utilizado como uma ação substituta  e sim como um complemento, assim como os exames de Ultrassonografia e Ressonância Magnética, que dependendo do caso, são necessários.

 

O grande objetivo é conseguir detectar a doença em fase precoce, a fim de evitar o desenvolvimento da doença e permitir maiores chances de cura com o tratamento.

 

 Em auxílio a essa investigação, os resultados dos exames fornecem uma classificação que padroniza os relatórios mamográficos, a escala: BI-RADS (Breast Imaging Reporting and Data System), que, numa tradução livre, significa Sistema de Relatório de Dados sobre Imagem da Mama.   No CEPEM, todos os laudos de Mamografia, Tomossíntese, Ultrassonografia de Mama e Ressonância de Mama apresentam a categoria BI-RADS da imagem.

 

O BI-RADS permite a análise  das características das lesões mamárias (cistos, nódulos, calcificações) e assim estimar qual a chance de aquela imagem ser câncer. Ele não consegue dar maiores especificações, como tipo do tumor ou tratamento necessário, trabalha com a probabilidade em ser câncer, dando uma categorização que é separada por notas que vão de 0 a 6.

 

A categoria é definida pelo médico que emite o laudo do exame de imagem que avalia as alterações presentes no teste e as classifica dentro dos critérios do BI-RADS. A partir daí, o médico irá decidir se há necessidade de outro exame complementar.

 

Confira no quadro abaixo cada categoria, o que cada uma significa e a conduta médica sugerida.
tabela Cepem

Share

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Ver Outra Notícia
CEPEM Geral

Tipos de câncer que mais atingem as mulheres e sua prevenção

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer é a segunda c ...

Veja mais

CEPEM Exame

Conheça mais sobre o laser íntimo (intravaginal)

As mudanças no corpo feminino levam a vagina a perder elasticidade e firmeza. Isso f ...

Veja mais

CEPEM Exame

Laser Íntimo – O tratamento mais eficaz para as queixas da menopausa

Queixa que pode atingir mais de 80% das mulheres após os 55 anos, o ressecamento vag ...

Veja mais

CEPEM Exame

O Centro de Tomografia Computadorizada do CEPEM

Um dos destaques do CEPEM é o nosso Centro de Tomografia Computadorizada (TC). Com a ...

Veja mais