Chega ao CEPEM o revolucionário Pristina

Artigo Pristina

Sempre inovando, o CEPEM informa que é a primeira clínica no Rio de Janeiro a instalar o novo Mamógrafo Digital desenvolvido pela GE Healthcare, o Pristina.
 
O Pristina utiliza a tecnologia da Tomossíntese Mamária, que permite uma mamografia com cortes de vários ângulos, proporcionando um diagnóstico ainda mais preciso na identificação de tumores malignos.
 
O aparelho, recém lançado no Brasil, tem como principal diferencial um sofisticado sistema de compressão mamária, oferecendo a possibilidade da paciente fazer a compressão na própria mama, através de um controle remoto sem fio, participando ativamente do procedimento.
 
A primeira instituição a testar o Pristina foi o Centre de Sénologie et d’Echografie, na França. Em estudo com 100 pacientes os resultados foram os seguintes:
 
– 60% das pacientes optam pela autocompressão;
– 88% das pacientes fizeram uma melhor avaliação do exame em relação a experiências anteriores;
– 80% das pacientes afirmaram que isso se deu por causa da possibilidade de controlar a compressão da mama.

 
Segundo estudos divulgados pela GE Healthcare, a utilização deste tipo de aparelho possibilita:
 
– Redução da radiação do exame em 39%;
– Aumento da detecção de um câncer precoce em 50%;
– Evita a chance de submeter as pacientes a biópsias desnecessárias entre 15 e 30%.

 
Informe o seu médico e agende seus exames no CEPEM!

Share

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Ver Outra Notícia
CEPEM Exame

Affirm Prone 3D – O novo sistema de biópsia mamária em 3D

No processo de rastreio de nódulos da mama, uma etapa decisiva é a realização de ...

Veja mais

CEPEM Vacinas

Você está em dia com o calendário de vacinas?

A imunização facilita o controle e a erradicação de doenças que podem ser preven ...

Veja mais

CEPEM Médico

Formas de prevenção para as doenças femininas mais incidentes no Brasil

O Dia Internacional da Mulher amplia o debate em relação à conscientização sobre ...

Veja mais

CEPEM Médico

Saúde ginecológica da mulher em pauta

No Brasil, para 2019, estima-se o surgimento de 16.370 novos casos de câncer de colo ...

Veja mais