Laser Íntimo – Tratamento para as mudanças na menopausa

Agosto pac site 2

Com o passar dos anos – principalmente após os 40/45 anos -, o corpo da mulher inicia transformações típicas do processo de pré e pós-menopausa. O período é marcado por uma queda dos hormônios femininos (estrogênio e progesterona), responsáveis pelos ciclos menstruais e fertilidade. A região íntima é uma das principais afetadas pelas incômodas mudanças físicas causadas pela menopausa. É o caso do ressecamento vaginal, resultado dessa diminuição de hormônios, principalmente do estrogênio. O problema pode atingir mais de 80% das mulheres após os 55 anos.
 
Há uma modificação da mucosa vaginal, o que leva à perda da lubrificação natural. Como resultado, a mulher pode sentir dores durante o ato sexual e, consequentemente, dificuldade de manter relações de forma confortável e frequente. Outro desconforto comum do período é a incontinência urinária leve, caracterizada por uma perda de urina ao fazer movimentos que colocam a bexiga sob pressão ou estresse. Esse problema pode causar um impacto muito grande na qualidade de vida da mulher, causando constrangimento social, mau cheiro, etc.
 
No CEPEM, oferecemos a mais recente – e eficaz – novidade no tratamento das queixas da menopausa: o laser íntimo. Em mais de 95% dos casos, as mulheres que fizeram o procedimento conseguiram recuperar a lubrificação e a elasticidade do canal vaginal, permitindo o ato sexual sem dor, além do retorno da libido. Também foi observada uma melhora significativa em mais de 60% das mulheres com incontinência urinária leve.
 
Por meio da termoterapia (aplicação terapêutica de calor), o laser atua de forma local no estímulo da vascularização do canal vaginal. Isso promove o aumento das fibras de colágeno, o que auxilia na recuperação da elasticidade. Além disso, a vagina lubrificada fica mais protegida contra infecções e com o pH equilibrado. O procedimento é rápido, indolor, sem sangramento e, imediatamente, a paciente retorna às atividades normais.
 
O laser também é uma excelente alternativa para mulheres que passaram pelo câncer de mama, uma vez que elas não podem fazer nem reposição hormonal e nem a hormonioterapia vaginal, que são os tratamentos comumente indicados durante a menopausa.  Para essas pacientes, o único procedimento que restabelece a elasticidade vaginal e garante o término da dor durante o ato sexual é o laser íntimo.
 
Os resultados conquistados por esse método suscitaram boas perspectivas entre os médicos da área. O retorno tem sido muito positivo, tanto na questão física como psicológica, ajudando na recuperação da confiança, autoestima e felicidade da mulher.
 
Converse com o seu médico sobre essa alternativa e agende sua sessão pelo telefone: (21) 2538-5866.

Share

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Ver Outra Notícia
CEPEM Vacinas

A importância em manter sua vacinação em dia

No último domingo, dia 09 de junho, foi comemorado o Dia Nacional da Imunização. O ...

Veja mais

CEPEM Geral

Dia Mundial do Doador de Sangue (14/06)

No dia 14 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue. Criada pela Orga ...

Veja mais

CEPEM Exame

Densitometria óssea para o diagnóstico de osteopenia

Ao pensar em saúde dos ossos, é comum que a primeira doença que venha em mente sej ...

Veja mais

CEPEM Exame

Benefícios da LaserTerapia no inverno

Com o clima mais frio e raios solares mais amenos, o inverno é a época ideal para i ...

Veja mais